quarta-feira, junho 17, 2009

A dor se é a-paga-dor...

Essa idéia maluca de tirar os pêlos do caminho da felicidade com a pinça e encravar o dolorido do meu ego numa bolinha de pus no umbigo é para tentar esquecer o desleixo amargo com a acupuntura do desprazer.

7 comentários:

inconstante disse...

Pode estar doendo muuuito agora,eu sei!Mas quero te ver bem,quero q saia dessa...SE PERMITA!!!!!

Jan disse...

É que precisamos lembrar que nem a felicidade anda livre de dor...
O processo inflamatório é capaz de causar delírios por causa da febre!
Febril...descanse, espelho meu!
Esquecer nao vai...
Mas reviver é inevitável.
Sabemos...

Júnia disse...

O nosso corpo responde.

Júnia disse...

E, ah, gostei daqui. Até mais.

San disse...

Sera que só o tempo ameniza essa dor? Ou sera que la na frente ela ainda se esconde?

Bjao

Fabrício Flávio disse...

Esqueçam a dor da qual diz o poeta... as diversas formas de chegar até ela se anulam: apenas escorreguem no caminho que leva à felicidade... a bolinha de pus é só uma turbulência passageira...

Jan disse...

Minha vez...